Candidate Experience: conheça a importância dessa prática!

  1. Home
  2. »
  3. Carreira
  4. »
  5. Candidate Experience: conheça a importância dessa prática!
AdobeStock_261529596_png

É fato que a era digital vem transformando diversos setores ao redor do mundo, e os modelos de seleção de candidatos não ficam muito atrás.  O foco hoje não é mais apenas no processo em si, e sim no profissional! 

Atualmente uma das principais prioridades é a experiência do candidato. Sendo assim, o Candidate Experience é um tema que deve ser fundamental para empresas que desejam atrair talentos.

Afinal, vivemos em um mundo cada dia mais caótico e ágil, onde as pessoas não têm mais o costume e tempo de esperar longos e cansativos processos de recrutamento e seleção. Para a atração de candidatos é preciso ir além das operações internas básicas!

Os processos de seleção da sua empresa apresentam um funil bem delimitado? Todas as etapas do processo foram pensadas na experiência do candidato? Os candidatos recebem devolutivas sobre os processos, mesmo quando não são aprovados?

Se você se identifica com esses questionamentos e quer inovar o Candidate Experience da sua empresa, você chegou no material certo! Conheça mais sobre o tema e entenda qual sua importância – tanto para a empresa, quanto para os seus candidatos.

Vamos juntos?

O que é o Candidate Experience?

Esse termo, nada mais é do que a sua tradução livre para o português: a experiência que um candidato tem com a marca empregadora da sua empresa. Entretanto, esse indicador não mede apenas o impacto durante o recrutamento e seleção.

O Candidate Experience ocorre até o momento da contratação, onde o candidato recebe a proposta e começa seu processo de admissão. Qualquer falha dentro dessa jornada, pode colocar em risco todos os esforços de se construir uma sólida e positiva imagem da empresa para outros candidatos.

Sendo assim, a partir dessa experiência dos candidatos e colaboradores que é construído um outro conceito que também ganhou força nesses últimos tempos: o Employer Branding.

A relação entre Candidate Experience e o Employer Branding

O Employer Branding é o resultado de um conjunto de ações, que visam solidificar uma imagem positiva da empresa como uma marca empregadora. Essas práticas são voltadas para os colaboradores e, posteriormente, divulgadas para o mercado.

A experiência do candidato se inicia com atividades voltadas para a marca empregadora. Afinal, é ela que vai destacar a empresa das demais concorrentes, gerando nas pessoas a paixão inicial e vontade de pertencer a um certo grupo.

Dessa forma, ambos os conceitos se complementam e um não existe sem o outro! Para ter um bom Employer Branding, é preciso investir no Candidate Experience e vice versa.

Ficou mais claro o que é o termo? Agora, entenda porquê trabalhar e melhorar esse tema na empresa!

A importância do Candidate Experience

A experiência do candidato vai muito além! É importante que você pense nos aspirantes à vaga como potenciais clientes do negócio em que você atua.

Quando os processos são bem estruturados e humanizados, por mais que o candidato não seja contratado, ele vai sair com uma ótima impressão da empresa. Além de futuramente tentar novamente, ele irá se tornar um promotor da sua marca empregadora!

Porém, assim como um consumidor insatisfeito, qualquer erro irá fazer com que ele divulgue isso para outras pessoas. E, em um mundo da era digital, isso pode se tornar uma grande dor de cabeça para as empresas.  

Afinal, construir uma reputação é um processo longo e trabalhoso. Porém, para destruí-la basta um erro que poderia ter sido evitado facilmente. Abaixo, listamos algumas práticas que você precisa se atentar para garantir uma excelente performance no seu Candidate Experience. Veja!

Principais falhas que acabam com a experiência do candidato

Aqui, vamos separar alguns dos erros de processos seletivos mais comuns e que diversos RHs ainda comentem. Veja:

  • Processos longos e com muitas etapas: Se você está tendo uma alta taxa de desistência das vagas, está na hora de analisar se o processo não está deveras longo e exaustivo. Sendo assim, as chances se tornam maiores de bons candidatos abandonarem seleções com muitas etapas e de retorno demorado. Avalie: será que é necessário todas essas etapas e testes para essa vaga? Qual o lead time ideal para essa posição?
  • Falta de feedback no processo: Esse é um grande gargalo que pode prejudicar a experiência do seu candidato. Assim, é importante realizar uma devolutiva personalizada para cada candidato, explicando o porquê ele não progrediu para as próximas fases. Mesmo os que não passaram pelo filtro, garanta ao menos um e-mail avisando da sequência do processo.
  • Comunicação pouco humanizada: O primeiro contato que o seu candidato vai ter com a empresa é no processo de seleção. Se ele já sai desse primeiro contato com uma experiência negativa, as chances de ele divulgar essa insatisfação são altas. Isso pode queimar a empresa no mercado e dificultar ainda mais a atrair bons talentos.

Logo, garanta que seus recrutadores possuam treinamentos de habilidades de comunicação. Dessa maneira, o processo se torna mais humanizado!

Candidate Experience: como aplicar as boas práticas?

O RH tem papel fundamental na sua empresa, desde a construção do Employer Branding, até garantir o perfeito funcionamento do Candidate Experience. Afinal, essa área é a porta de entrada da sua empresa e a primeira impressão que os candidatos terão dela!

Abaixo, separamos algumas boas práticas para garantir o sucesso da sua marca empregadora e trazer a melhor experiência para os candidatos:

Papel do RH bem realizado

Além de garantir o básico – atendimento humanizado, acompanhamento do processo e feedbacks – é fundamental que se tenha bem desenhado a otimização desses processos.

Sendo assim, estruture os planos de carreira para as demais áreas do negócio, valorizando inicialmente os talentos que já estão na empresa.

Tenha um processo estruturado e facilitado

Para mitigar os gargalos no processo, é preciso pensar em facilitar ele desde o momento da candidatura até as suas fases finais. Por isso, estruture o funil e tenha ferramentas que garantam um processo simples.

Você sabia que é a etapa do cadastro em que os candidatos tendem a desistir mais facilmente? Se ele for pouco intuitivo, longo e cansativo, a vaga já perderá grandes talentos de cara!

Aposte na comunicação transparente e feedbacks construtivos

Sabemos que o processo seletivo nem sempre é linear. Ele passa por altos e baixos, sofre diversas interferências e ocorrem imprevistos. Mas, isso não é uma justificativa para deixar os candidatos “abandonados”.

Afinal, investir na comunicação franca e transparente, vai gerar confiança na sua empresa e mostrar que vocês se preocupam com o Candidate Experience.

Além disso, como abordamos anteriormente, o feedback não é um luxo, mas sim uma obrigação do recrutador com os candidatos! Crie ações harmônicas em todas as vagas, sempre oferecendo o melhor de sua marca empregadora.

Crie uma experiência que vá fazer com que os candidatos se conectem com a marca

A base do Employer Branding é divulgar quais são os valores e propósitos que a empresa se baseia. Pessoas se conectam com propósitos similares aos que elas acreditam e seguem.

Assim, ao criar essa identidade, você gera uma conexão entre esses candidatos e sua empresa, aumentando o engajamento e a atração do talento certo para o seu negócio.

Uma excelente sugestão para as empresas está na criação de conteúdos que possam auxiliar os candidatos a aprimorarem seus conhecimentos em prol de conquistarem as vagas ofertadas pela companhia.

Dessa forma, divulgar esses materiais através de uma página de blog da própria empresa ou até mesmo ofertados através de cursos de capacitação para jovens estudantes.

O centro do seu processo seletivo deve ser sempre o Candidate Experience!

Ao longo do nosso artigo, visamos deixar mais claro a importância da experiência do candidato e, porque ela deve ser prioridade no seu RH. Porém, sabemos que estruturar toda essa área é um grande desafio, ainda mais com a alta demanda de atividades de cada setor.

Por isso, que tal contar com o parceiro ideal para te ajudar nessa missão? Nós da Conquest One somos especializados em sttafing TI. Isso significa que cuidamos de toda a jornada de um novo talento: desde o recrutamento, seleção, alocação na equipe até o acompanhamento dos profissionais que irão atuar no projeto.

Quer realizar o seu Candidate Experience da melhor maneira possível? Então entre em contato agora mesmo com um de nossos especialistas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Posts Relacionados

Telefone
BR +55 11 2164 9500
us +1 415 738 2085

Brasil • São Paulo
Av. das Nações Unidas, 14.261
25º andar • Ala B

Horário de Atendimento
Segunda à Sexta das 8:00 às 18:00
Brasil GMT -3

Portugal • Lisboa
Av. Ma. Gomes da Costa, 19
1800-255

Milhares de profissionais de tecnologia e as melhores oportunidades em um único lugar.

Telefone
BR +55 11 2164 9500
us +1 415 738 2085

Horário de Atendimento
Segunda à Sexta das 8:00 às 18:00
Brasil GMT -3

Brasil • São Paulo
Av. das Nações Unidas, 14.261
25º andar • Ala B

Portugal • Lisboa
Av. Ma. Gomes da Costa, 19
1800-255

Milhares de profissionais de tecnologia e as melhores oportunidades em um único lugar.

Telefone
BR +55 11 2164 9500
us +1 415 738 2085

Brasil • São Paulo
Av. das Nações Unidas, 14.261
25º andar • Ala B

Horário de Atendimento
Segunda à Sexta das 8:00 às 18:00
Brasil GMT -3

Portugal • Lisboa
Av. Ma. Gomes da Costa, 19
1800-255

Milhares de profissionais de tecnologia e as melhores oportunidades em um único lugar.